domingo, maio 17, 2015

Parceria com o Projeto Pegaí


Pessoas Queridas,

Quem me acompanha nas redes sociais já deve saber, mas eu não poderia deixar de registrar aqui no blog: por meio de uma parceria entre a Editora Draco e o Projeto Pegaí, um projeto de leitura grátis muito legal que acontece em Ponta Grossa - BR, meu livro "O Tesouro dos Mares Gelados" ganhou uma versão impressa, que está disponível nas estantes do projeto e também foi doada a algumas escolas da cidade.

A história dessa parceria foi contada aqui e em outros jornais, e eu espero que venham outras, pois é uma oportunidade maravilhosa para ver meu trabalho chegar às mãos de milhares de leitores. Essa foi a nossa única contrapartida, minha e da Draco, pois os livros têm venda proibida. A pequena parcela que chegou às nossas mãos será usada para divulgação: alguns exemplares estão indo para resenhistas, outros para escolas e bibliotecas.

Puxa, Ana, mas não dá para eu adquirir um deles? Sim, por algum tempo ainda dá. Basta comprar um livro impresso com minha participação no site da Editora Draco, e, enquanto tivermos exemplares do Tesouro, um deles será enviado como brinde. Para ver a lista de livros que podem ser adquiridos, clique aqui - mas lembre-se, só valem as compras no site da Draco e só os livros impressos!

E se eu quiser ler o livro sem comprar algum outro? Bom, se você não morar em Ponta Grossa nem frequentar as bibliotecas para onde o impresso vai ser doado, terá que ler em E-book. Pode ser pela Amazon, Cultura, Apple... É só conferir as possibilidades no site da Draco.

Dadas as informações, quero, mais uma vez, agradecer ao meu editor, Erick Sama, por sempre acreditar em mim e fazer um trabalho incrível neste livro; ao pessoal da gráfica iPrint, de Ponta Grossa, que viabilizou o projeto; e ao Idomar Cerutti, coordenador do Projeto Pegaí, por me convidar para participar. Nenhum de nós ganhou um centavo sequer com isso, apenas a visibilidade para o meu trabalho e o da editora, além da satisfação que todos partilhamos em ver cada vez mais pessoas com livros na mão.

E, por fim, um convite aos escritores que por acaso me leem. Mandem exemplares de seus livros para o Projeto Pegaí! Eles serão recebidos de braços abertos!

segunda-feira, maio 04, 2015

Notas a Respeito de um Hobbit


            Um hobbit trabalha no mercadinho perto da minha casa. Ele não sabe que eu sei; eu não pretendo lhe dizer, porque suspeito que ele prefira manter sua estadia aqui em segredo. De manhã, passando pela rua em direção ao ponto de ônibus, eu o vejo descarregando caminhões, deleitando-se com a visão das caixas de pão de mel e dos cogumelos, e então eu sei. Simplesmente sei. Não me peçam maiores explicações.
            Claro que fui capaz de ver outros sinais. Ele é pequeno, para começar: sua cabeça não ultrapassa a altura do meu ombro. Seu cabelo é castanho e lanoso, os olhos doces; quando se senta no degrau do mercadinho, nos intervalos do trabalho, está sempre com um copo de café e um sanduíche, e ele faz isso duas vezes a cada manhã. Tem pelo menos uns cinquenta anos, mas se comporta como alguém muito mais jovem, e os caixas adolescentes o tratam como a um igual. É bem verdade que o nome no seu crachá é um nome humano – um nome até comum –, mas isso pode fazer parte do disfarce. Afinal, ele não quer que ninguém saiba que é um hobbit, numa missão ou simples aventura longe do Condado, e não duvido que o sobrenome na ficha do empregador seja do tipo Baggins ou Brandybuck. É diferente, mas não é nada que chame atenção neste país de imigrantes. Quem de vocês estranha, por exemplo, o meu sobrenome?
            Assim, o Sr. Baggins, ou Brandybuck, ou qualquer que seja o seu nome permanece incógnito. Não irei importuná-lo, porque me basta a secreta satisfação dos que conhecem a verdade. No entanto preciso confessar que tenho passado com cada vez mais frequência pela calçada do mercadinho, onde há também um bar que vende refeições, esperando pela cena que porá fim ao meu último resquício de dúvida.
            Um dia desses o hobbit vai entrar discretamente no bar e escolher uma mesa do canto. De longe, talvez com um simples gesto, vai pedir uma cerveja nacional enquanto escolhe um prato-feito no menu. Alguém virá servi-lo, e talvez haja fregueses que tentem puxar conversa, mas ele apenas sorrirá, com os olhos cândidos e a boca cheia com uma boa garfada.
             E quando os humanos se afastarem para jogar conversa fora, e enquanto a TV à sua frente estiver se esforçando  para hipnotizá-lo, o hobbit irá descalçar suas grandes botas de plástico sob a mesa, mexendo com alívio os dedos dos pés e sonhando com o dia em que estará de volta à sua toca.

quinta-feira, abril 16, 2015

O Hércules de Brett Ratner: "Gato por Lebre" ou A Construção do Herói?


Pessoas Queridas,

Mais uma vez venho partilhar um texto que escrevi para o Leitor Cabuloso, desta vez sobre o filme "Hércules", dirigido por Brett Ratner e com Dwayne "The Rock" Johnson no papel-título. Muita gente torceu o nariz para o fato de o filme não mostrar o herói dando conta dos Doze Trabalhos, mas, para mim, o diretor acertou ao tocar na questão da construção do mito, ainda que a abordagem tenha sido ao estilo "Sessão da Tarde".

Para ler e opinar, clique aqui. E aproveite para conhecer outros textos da Estante Mágica, na coluna do mesmo nome, nosso espaço gentilmente cedido pelo Lucien no Leitor Cabuloso!!

sexta-feira, abril 10, 2015

IV Odisseia de Literatura Fantástica


No próximo final de semana acontece a IV Odisseia de Literatura Fantástica em Porto Alegre. Vou estar lá no dia 11, no estande da Draco (e também circulando pelo evento) e, embora tenha de sair às 15 h por causa do horário do voo, pretendo dar uma passada rápida no domingo.

Espero rever os amigos queridos, abraçar pessoalmente alguns com quem só tive contato virtual e conhecer pessoas novas. Claro, também autografar alguns exemplares de O Castelo das Águias, A Ilha dos Ossos e Excalibur, que, assim como os demais livros da Draco, vai estar com bons descontos!

Confiram a participação da editora clicando aqui.

E a programação completa do evento está aqui.

Espero vocês lá!

terça-feira, abril 07, 2015

Mesa-redonda: distopias no universo literário



Só para compartilhar a alegria de fazer uma das coisas que mais gosto: falar sobre livros e leitura com o pessoal mais novo!! :)